posted by | Comentários desativados

materias

Promotores do Ministério Público (MP) devem se reunir na próxima semana para tratar da situação das escolas da rede estadual do Rio Grande do Sul. Um balanço entregue na sexta-feira (12) ao MP pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc) apontou que apenas 45% das escolas do estado possuem alguma documentação de prevenção contra incêndio.

O levantamento feito pelo Departamento de Logística e Suprimentos (DLS) da Seduc abrangeu 2.605 escolas e outras instalações das 30 Coordenadorias Regionais de Educação (CREs). Do total, 55% não possuem alvará dos bombeiros, Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI) ou certificado de conformidade.

Das 2.575 escolas estaduais, apenas 338 escolas funcionam regularmente e 1.151 não possuem a documentação contra incêndio, de acordo com o relatório. As 1.086 restantes encontram-se em diferentes estágios de adequação para obtenção do alvará, diz o MP.

A Seduc diz que as escolas que não possuem a documentação foram notificadas a buscarem informações junto ao Corpo de Bombeiros para regularizarem a situação. Segundo a secretaria, muitas delas já possuem equipamentos mínimos de prevenção contra incêndio, como extintor e sinalização e iluminação de emergência.

O coordenador do Grupo de Trabalho que trata do assunto dentro da Seduc e diretor-adjunto da DLS, Márcio Mullemaister, diz que de escolas que ainda não têm PPCI ou alvará receberão atenção especial numa ação de curto, médio e longo prazo, a ser desenvolvida até o final de 2014, conforme o plano de ação apresentado ao MP.

De acordo com a Seduc, o Plano de Necessidade de Obras contempla PPCI e também acessibilidade escolar. O projeto para reformar a estrutura de ensino da rede estadual engloba 1.026 escolas, com 524 projetos incluídos na primeira etapa, a ser iniciada até o final do ano.

“Toda as escolas da rede pública estadual precisam de intervenção, durante muitos anos não foi feita a manutenção. Já reformamos 1.125 escolas, um investimento de R$ 166 milhões, e vamos continuar reformando, atendendo e respondendo a todas essas questões”, disse o secretário de Educação, Jose Clovis de Azevedo, em entrevista ao Jornal do Almoço, da RBS TV, de sexta-feira (12).

A primeira reunião do MP para análise dos documentos apresentados pela Seduc ocorrerá na próxima segunda-feira (15). Participarão representantes da Promotoria de Habitação e Defesa da Ordem Urbanística de Porto Alegre e da Promotora Regional da Educação da capital. Depois disso, o assunto deve voltar a ser discutido com a Seduc.

 

Fonte: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2013/04/mp-analisara-dados-sobre-prevencao-de-incendio-nas-escolas-do-rs.html